Conheça 4 erros que comprometem a segurança de dados de uma empresa - Blog Athena Security: Tecnologia e segurança para o seu negócio
Conheça 4 erros que comprometem a segurança de dados de uma empresa

O setor de TI de qualquer empresa guarda informações valiosas sobre a corporação. Por isso, é imprescindível primar pela segurança de dados do negócio. Devido ao custo de alguns mecanismos de proteção, muitos gestores se descuidam da segurança interna, o que pode custar muito caro.

Ao negligenciar os cuidados com a segurança das informações, a organização corre o risco de ter os seus dados vazados, expondo a si mesma e aos seus clientes, gerando prejuízos incalculáveis. As ameaças vêm de hackers, malwares e até mesmo de funcionários ou ex-funcionários mal intencionados que acessam a rede de TI da empresa.

Confira abaixo quais são os erros que mais vulnerabilizam a sua segurança de dados!

1. Não ter uma política de segurança de dados definida

Ter uma infraestrutura adequada e implantar soluções de hardware e software para proteger as informações da empresa é de suma importância, mas não é o suficiente.

Todos os colaboradores devem empenhar-se em cuidar dos dados. Afinal, as ameaças também podem ser internas. Logo, é preciso começar eliminando esse tipo de risco.

Definir uma política de segurança de dados — que oriente, treine e esclareças sobre a integridade das informações para todos os funcionários — é um passo essencial para se prevenir contra as ameaças.

A política de segurança da informação é um documento elaborado pelo gestor de TI em conjunto com as demais áreas da organização. Assim, registram os princípios e normas de segurança a serem seguidos pelo quadro de colaboradores da empresa.

2. Deixar de investir na proteção das informações

A tecnologia avança rapidamente, permitindo que novas ferramentas sejam incorporadas de maneira frequente ao ambiente corporativo. Todas essas mudanças também contribuem para o aparecimento de novos tipos de ameaças virtuais, criando a necessidade de manter a estrutura de segurança dos dados sempre atualizada.

Porém, essa é uma medida que requer investimento constante, e não são todas as empresas que reservam recursos suficientes à área de TI. Ao deixar de investir na proteção das suas informações, a corporação pode enfrentar problemas graves, como o roubo de dados.

Sendo assim, a gestão adequada dos dados de uma empresa está diretamente relacionada à contratação de profissionais capacitados para realizar o monitoramento dos processos de segurança com o uso de ferramentas especializadas.

3. Ignorar insider threats (ameaças internas)

Também chamada de ameaça interna, a insider threat pode ser definida como o perigo de ataques que vêm de dentro da própria empresa. Basicamente, são ameaças que podem ser desencadeadas pelos colaboradores ou demais pessoas que estejam ligadas à corporação.

O próprio usuário, de forma não intencional, pode deixar a rede de informações da empresa vulnerável ao acessar sites indevidos ou fazer downloads de origem duvidosa, uma vez que esses conteúdos podem conter agentes maliciosos.

Diversos outros fatores podem fazer com que um funcionário seja um insider threat. Por exemplo, o uso das informações confidenciais para obter ganho financeiro ou pessoal, ou um software com vírus, instalado por um colaborador para abrir portas para ataques de outro invasor.

Com base nisso, é importante que os gestores usem ferramentas que o permitam acompanhar as atividades executadas pela sua equipe e ajudem a identificar comportamentos suspeitos, além de contar com um filtro de conteúdo e políticas de navegação, que orientam os usuários e impedem que páginas impróprias sejam acessadas.

4. Proteger apenas os servidores

Investir na segurança do servidor é necessário. Contudo, não é crucial. Em se tratando de um ambiente de TI, deve-se considerar que há muitos computadores e dispositivos conectados — e que todos estão interligados.

Com isso, um ataque direcionado ao computador de um funcionário pode dar as condições propícias para que o invasor roube as suas credenciais e acesse as informações secretas.

Sabendo que as ameaças podem surgir de todos os componentes conectados à organização, é fundamental desenvolver meios de segurança não só para os servidores críticos, mas para todos os computadores.

A segurança de dados merece toda a atenção dos gestores de TI. Identificar os erros praticados pelo setor é imprescindível para combatê-los e manter as informações da corporação em sigilo.

Quer aumentar a sua segurança? Conheça 5 dicas de proteção contra ataques cibernéticos na sua empresa!

 

Thiago Cabral

Bacharel em administração e pós-graduado em Gestão e Governança de TI pela FIAP. Com cerca de 10 anos de experiência no mercado de segurança da informação, ajudou a fundar a empresa Athena Security, onde atua como Sócio-Diretor responsável pelas estratégias de Marketing e pela qualidade de atendimento ao cliente. Acredita que a chave para o sucesso é a especialização, atendimento consultivo e visão inovadora.

 

Powered by Rock Convert

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This