Saiba como usar a LGPD a favor de sua empresa - Blog Athena Security: Tecnologia e segurança para o seu negócio
Saiba como usar a LGPD a favor de sua empresa

Você já está preparado e sabe como utilizar a LGPD a favor de sua empresa? A Lei Geral de Proteção de Dados do Brasil, que foi sancionada em 2018, entrará em vigor em agosto de 2020, estabelecendo uma série de regras que as organizações precisam seguir para coletar, armazenar, tratar e compartilhar os dados dos seus clientes.

A principal mudança da LGPD é a determinação de que as empresas só podem coletar dados pessoais e identificáveis, como nome, idade, telefone, e-mail e endereço, com a autorização clara do titular dessas informações.

Diante disso, será necessário despender um esforço maior para manter os dados dos seus clientes protegidos. Porém, a resolução também traz diversos benefícios para o seu negócio, como aumentar o seu grau de confiabilidade no mercado.

Quer saber como utilizar a LGPD positivamente? Confira, neste post, quais são as vantagens da nova lei para as suas atividades!

Aumenta o seu nível de confiabilidade e melhore o relacionamento com o cliente

Como existe a necessite de consentimento para captar e tratar os dados pessoais, e tornar clara a finalidade da coleta de dados, o cliente passa a ter total conhecimento sobre como as suas informações serão utilizadas. Portanto, há mais transparência entre as partes, o que aumenta a confiabilidade social e o impacto positivo frente ao público-alvo.

Sem falar que a navegação nos sites tende a ser mais prazerosa por conta da redução de publicidade e anúncios não solicitados. Com isso, também cresce a probabilidade dos clientes se aproximarem das organizações das quais realmente têm interesse.

Estimula a organização e otimização dos processos

Num primeiro momento, em que é preciso se preparar para o cumprimento da lei, as organizações e os seus colaboradores devem entender tudo o que está armazenado em seus sistemas, qual é a importância dessas informações e de que forma isso pode ser feito. Responda às seguintes perguntas:

  •  o que é mesmo necessário?
  •  onde essas informações precisam estar?
  •  quem usa essas informações?

Obter essas respostas faz com que a sua equipe de TI tenha melhor entendimento da sua atual situação quanto à gestão de dados da empresa e elabore um plano de ação com estratégias mais eficientes.

A consequência disso é óbvia: otimização da sua rede, liberação de espaço no data center ou nuvem, bem como a identificação e organização de todos os dados rastreados.

Feita a análise das informações, é o momento de promover a conscientização dos seus funcionários e capacitá-los para que trabalhem em harmonia com as exigências da LGPD. Afinal, é imprescindível que todos compreendam a responsabilidade acerca da gestão de dados pessoais, o que diz a lei e como ela impacta o seu cotidiano.

A mudança vai impactar a forma como as atividades são executadas e conscientizar o seu time sobre como trabalhar bem nesse cenário é crucial para cumprir a legislação e a estratégia de TI.

Traz mais segurança jurídica para trabalhar com dados pessoais

As normas previstas pela LGPD para o tratamento de dados pessoais garantem a privacidade e a segurança dessas informações em qualquer país em que sejam coletados, em decorrência da sua aplicação extraterritorial. Também é importante ressaltar que a legislação alinha o Brasil com as demais regulamentações internacionais, criando uma reputação de ambiente seguro para tratar e usar dados pessoais.

Ao estar em conformidade com o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR), a lei autoriza as empresas nacionais a tratar os dados pessoais eventualmente colhidos no território da União Europeia, sem enfrentar complicações e transtornos, tanto para a companhia quanto para o titular das informações.

Proporciona segurança cibernética aprimorada e para usos determinados

Manter a seriedade em torno da privacidade e uso de dados pessoais possibilita às empresas a criação de fluxos de trabalho mais conscientes dessas informações e, assim sendo, mais seguros.

Por causa das altas sanções, a preocupação em relação à infraestrutura de dados pessoais passa a vir em primeiro lugar, proporcionando mudanças nos processos de proteção cibernética.

É fundamental que tais alterações entrem em vigor para construir políticas de segurança mais claras, e que diminuem os riscos de uso inadequado dos dados pessoais, violações, invasões e, até mesmo, vazamento de informações.

Eleva a sua produtividade

Uma vez que as informações pessoais irrelevantes para a companhia são eliminadas, os colaboradores acessam só aquelas de maior qualidade e que, de fato, são decisivas e indispensáveis para o negócio, com banco de dados alimentados por informações provenientes de clientes verdadeiros, ativos e relevantes.

Por meio do uso de dados reais e atualizados, desenvolve-se uma comunicação clara e efetiva com a sociedade, com mensagens coerentes que estejam de acordo com as características, necessidades e desejos do público-alvo. Assim, os investimentos serão utilizados de maneira inteligente e objetiva, evidenciando o aumento da credibilidade da sua marca nas campanhas publicitárias.

Facilita a transformação digital

Ignorar as regras impostas pela LGPD pode gerar multas e consequências graves para as empresas. Nesse sentido, para não ser penalizado, é preciso reestruturar os seus processos e ferramentas para o cumprimento da lei, o que implica no investimento em novas tecnologias.

Esse período pode ser uma ótima oportunidade para iniciar ou avançar a sua transformação digital, adquirindo ferramentas que aumentem não só a Segurança da Informação, mas também contribuam com a digitalização do negócio, como leitura e direcionamento inteligente de dados, internet das coisas (IoT) e inteligência artificial (IA).

A partir do ano que vem, uma nova cultura de proteção e privacidade de dados pessoais vai ser estabelecida, resultando em mudanças significativas, que trazem mais organização, centralização de informações adequadas, controle e refinamento dos processos de tratamento e utilização dos dados. Tudo isso aumenta a sua vantagem competitiva e valorização no mercado.

Agora que você já sabe como utilizar a LGPD a favor de sua empresa, fica claro que trata-se de uma legislação que motiva mudanças positivas para as organizações que lidam com dados pessoais. Quem se adequar antes do tempo previsto terá a oportunidade de melhorar e ajustar os seus processos para alcançar bons resultados, objetivando uma boa reputação a longo prazo.

Está em busca de ferramentas e estratégias que ajudem na proteção dos seus dados? Entre em contato com a Athena Security e conheças as nossas soluções!

 

Thiago Cabral

Bacharel em administração e pós-graduado em Gestão e Governança de TI pela FIAP. Com cerca de 10 anos de experiência no mercado de segurança da informação, ajudou a fundar a empresa Athena Security, onde atua como Sócio-Diretor responsável pelas estratégias de Marketing e pela qualidade de atendimento ao cliente. Acredita que a chave para o sucesso é a especialização, atendimento consultivo e visão inovadora.

Powered by Rock Convert

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This