fbpx

LGPD e gestor de TI: 3 dicas de como se adequar às novas regras!

3 minutos para ler

A relação entre LGPD e gestor de TI é algo que vem sendo cada vez mais debatido pelos profissionais da tecnologia. Afinal, quais ações são necessárias para que a nova legislação seja seguida à risca nas empresas? São perguntas como essa que norteiam discussões nas companhias dos mais variados segmentos.

Continue a leitura e entenda mais sobre a LGPD e fique por dentro das mudanças que ela impõe para as empresas e das dicas para que o gestor de TI tenha sucesso em sua implementação!

Entenda o que é a LGPD

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é uma legislação que foi sancionada em agosto de 2018, pelo ex-presidente Michel Temer. Ela é baseada no General Data Protection Regulation (GDPR), um projeto similar, que já está em vigor há alguns anos em países da Europa.

A ideia era que a nova lei passasse a vigorar no Brasil em agosto de 2020. Porém, recentemente, o Senado aprovou uma sugestão que consta em uma Medida Provisória publicada pelo presidente Jair Bolsonaro, para que a implementação fosse adiada para o ano que vem.

A motivação para isso é a pandemia da Covid-19, que tem feito com que muitas pessoas retenham gastos. Assim sendo, a lei passará a valer em agosto de 2021.

Saiba quais são as principais mudanças impostas pela LGPD

Em suma, a LGPD empodera as pessoas, físicas e jurídicas, que passam a ser proprietárias dos seus dados. De tal maneira, ficam proibidos a utilização e o tratamento de dados de terceiros, para qualquer finalidade, sem o devido consentimento.

A lei traz uma série de medidas que devem ser tomadas nesse sentido, para evitar que a utilização ocorra de forma indevida.

Veja 3 dicas para que a relação entre LGPD e gestor de TI tenha sucesso na empresa

O gestor de TI é o responsável pela implementação da LGPD em muitas companhias. Veja algumas dicas que ajudam nesse momento!

1. Crie uma cultura de proteção de dados

É preciso criar uma cultura voltada para a proteção de dados, ou seja, todos devem ser conscientizados sobre como lidar com informações de terceiros. Criar minicursos e palestras sobre a LGPD para os colaboradores também é interessante!

2. Elabore novas normas de tratamento de dados pessoais

As formas de tratamento de dados pessoais devem ser revistas na companhia. É importante buscar meios para que a legislação seja cumprida à risca, em todos os seus pontos.

3. Dê atenção aos formulários de consentimento do uso dos dados de usuários

Um dos principais cuidados que o gestor de TI deve ter em relação à LGPD é no preenchimento de formulários de consentimento de uso de dados. Eles devem ser aplicados sempre, como quando alguém faz um cadastro em uma loja ou acessa um site que coleta cookies, por exemplo.

A relação entre LGPD e gestor de TI deve ser valorizada e o profissional deve se especializar para entender todos os pontos da legislação. Afinal, a multa pelo não cumprimento pode chegar a R$ 50 milhões.

A Athena Security pode ajudar nesse momento! Entre em contato conosco e saiba como.

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Share This