Entenda a relação entre DLP e LGPD - Blog Athena Security: Tecnologia e segurança para o seu negócio
Entenda a relação entre DLP e LGPD

Muito tem se falado sobre a LGPD nos últimos tempos, uma vez que as novas políticas em relação à forma como as empresas lidam com os dados de seus clientes, fornecedores e funcionários entrarão em vigor no ano de 2020.

A plataforma DLP é uma boa forma para cumprir a nova legislação, tendo relação direta com esse assunto, uma vez que está relacionada com a segurança da informação. A seguir, esclareceremos as principais questões sobre o assunto. Confira!

O que é DLP?

DLP é uma sigla em inglês que significa “Data Loss Prevention”, que representa “prevenção de dados”. São soluções que contribuem para que as empresas lidem, de forma correta, com os dados que mantêm armazenados, evitando que eles sejam acessados por hackers ou pessoas não autorizadas, por exemplo.

As plataformas de DLP devem identificar os dados, verificar os seus registros e descrições e adotar uma abordagem para que os riscos sejam amenizados.

E a LGPD, do que se trata?

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é uma nova legislação, que foi sancionada em 2018, e entrará em vigor a partir de 2020. A partir de sua valência, as empresas terão que adotar algumas políticas para tratar dos dados de terceiros, bem como para definir políticas de acesso internas.

As organizações só poderão armazenar dados de clientes, funcionários ou qualquer outro indivíduo com a autorização expressa dessas pessoas. Quem não cumprir todas as normativas poderá ser multado em até 2% do valor total do faturamento da companhia.

Qual a relação entre o DLP e a LGPD?

As plataformas de DLP e a LGPD estão diretamente relacionadas, uma vez que as soluções podem contribuir para o cumprimento da lei. Entenda mais nos tópicos subsequentes!

Exigências sobre a perda de dados

A LGPD contém exigências sobre a perda de dados, de modo que as empresas podem ser multadas se isso acontecer. Com políticas de DLP implementadas, evita-se que isso aconteça.

Simplificação do mapeamento e proteção dos dados sensíveis

Ao adotar o uso de uma solução DLP, a companhia terá um mapeamento simplificado de suas atividades e na proteção dos dados sensíveis. Dessa maneira, a LGPD poderá ser cumprida em sua plenitude, sem que nada passe despercebido.

Identificação de dados conforme foram descritos ou registrados

Uma plataforma de DLP possibilita que todos os dados sejam facilmente identificados, de acordo com a forma como foram registrados ou descritos. Dessa maneira, fica mais fácil de todos os pontos da LGPD serem verificados e seguidos à risca, bem como se torna mais simples controlar o acesso.

Qual é a importância do DLP para seguir a LGPD?

De maneira geral, podemos dizer que o DLP é um recurso muito importante para que as empresas cumpram a LGPD. Ao adotar esse recurso, a organização terá mais facilidade para desempenhar o registro e o controle dos dados, sem que nada seja feito de maneira ilegal, no que se refere às políticas e ao controle de acesso.

A Athena Security pode ajudar você a implementar o DLP na sua empresa e, assim, não ter problemas quando a LGPD entrar em vigor. Entre em contato conosco e saiba mais!

 

 

Thiago Cabral

Bacharel em administração e pós-graduado em Gestão e Governança de TI pela FIAP. Com cerca de 10 anos de experiência no mercado de segurança da informação, ajudou a fundar a empresa Athena Security, onde atua como Sócio-Diretor responsável pelas estratégias de Marketing e pela qualidade de atendimento ao cliente. Acredita que a chave para o sucesso é a especialização, atendimento consultivo e visão inovadora.

Powered by Rock Convert

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This